Habitação e Mobilidade Urbana

A história do povo de Guarulhos sempre foi de luta: luta pelo direito à água canalizada, luta pelo direito à moradia, asfalto, pelo direito de ir e vir, luta por linhas de ônibus que cheguem ao seu bairro e contra abusos no valor das tarifas. Lutamos e estamos construindo e propondo neste eixo um programa que enfrente a máfia das empresas de ônibus, a especulação imobiliária, para que o nosso povo tenha acesso à cidade e um lugar digno para morar.

Propor a manutenção e ampliação de Programas de Educação Ambiental

Promover  políticas de educação ambiental entre os diversos setores organizados como gestores de parques, educadores, universidades, escolas, Secretaria de Meio Ambiente, empresas públicas e privadas,  com os projetos e ações desenvolvidos nos bairros, voltados à construção da sustentabilidade socioambiental em uma perspectiva de educação ambiental crítica, articulando com projetos já existentes pelos bairros, segundo as potencialidade locais.

2020-11-01T01:27:55-03:00

Cobrar Programas de Áreas Verdes na Cidade

Cobrar a criação de programas de áreas verdes, sobretudo nas periferias, com o objetivo de diminuir as ondas de calor, promovendo a preservação e ampliação da flora, através do plantio de árvores e outras ações sustentáveis.

2020-11-02T22:13:36-03:00

Propor a Logística Reversa dos Produtos

Propor a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida e a logística reversa de retorno dos produtos, envolvendo os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes, consumidores e titulares dos serviços públicos de limpeza urbana. Além de impor que os particulares elaborem seus Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, a fim de contribuir para a redução e disposição final de resíduos em aterros sanitários e a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

2020-11-02T22:19:41-03:00

Propor o cumprimento das diretrizes do Geoparque Ciclo do Ouro de Guarulhos para sua implementação

O Geoparque Ciclo do Ouro em Guarulhos é um modelo de gestão territorial com fundamento no Decreto Nº 25.974 de 15 de Dezembro de 2008, baseado na conservação dos sítios do patrimônio geológico de especial importância científica, raridade e beleza geológica, e também em virtude de seu valor cultural, histórico, arqueológico e ecológico. Propor sua implementação é garantir a preservação das Unidades de Conservação, o desenvolvimento científico, integrando diversos atores sociais como escolas, comunidades, entidades civis e órgãos municipais.

2020-11-02T22:21:36-03:00
Ir ao Topo